Mundo

Congressistas democratas querem descriminalizar prostituição em Nova Iorque

Mike Segar

Em alguns Estados norte-americanos esta atividade já é legal.

Um grupo de congressitas democratas em Nova Iorque apresentou na terça-feira vários projetos de lei que visam despenalizar a prostituição no estado norte-americano, noticiou o jornal The New York Times.

De acordo com o diário norte-americano, os projetos traduzem-se no maior esforço feito até à data nos Estados Unidos para despenalizar a prostituição.

Atualmente, a prostituição nos Estados Unidos só é legal em alguns condados do Nevada (oeste), ainda que iniciativas semelhantes à de Nova Iorque já tenham sido promovidas em estados como Maine e Massachusetts (ambos na costa leste) e em Washington.

Se aprovados, os projetos de lei introduzidos em Nova Iorque tornaram legais a compra e venda de sexo consetido entre adultos, bem como a sua promoção.

Por outro lado, permitiriam que as pessoas condenadas por prostituição pudessem ver as penas revogadas.

No entanto, o New York Times considerou "pouco provável" a aprovação destes projetos num futuro próximo, uma vez que o atual governador, Andrew Cuomo, não apoiou a iniciativa por "não ter uma opinião formada sobre o assunto".

Lusa.

  • "Plástico nosso de cada dia"
    29:35
  • Brincar ao ar livre como remédio natural
    0:21
  • Como não gastar dinheiro com os números começados por 707
    6:46