Mundo

Jeremy Hunt é o adversário de Boris Johnson na sucessão a Theresa May

JEFF OVERS / BBC NEWS HANDOUT

O ministro da Saúde, Michael Gove foi eliminado por 2 votos.

O ministro dos Negócios Estrangeiros britânico, Jeremy Hunt, é o adversário de Boris Johnson na eleição interna no partido Conservador para suceder a Theresa May, tendo Michael Gove sido eliminado, foi hoje revelado.

A sexta volta da eleição indicou que o ministro dos Negócios Estrangeiros conseguiu o apoio de 77 dos 313 deputados do grupo parlamentar conservador, mais dois votos do que os 75 recolhidos pelo ministro da Saúde, Michael Gove.

O antigo ministro dos Negócios Estrangeiros Boris Johnson voltou a vencer destacado, desta vez com 160 votos.

"Fico profundamente honrado por ter conseguido mais de 50% dos votos na votação final. Obrigado a todos pelo vosso apoio! Estou ansioso para percorrer o Reino Unido e definir o meu plano para implementar o 'Brexit', unir o nosso país e criar um futuro melhor para todos nós", comentou, através da rede social Twitter.

Jeremy Hunt reconheceu que não é o favorito, mas lembrou que "na política surpresas acontecem, surpresas como a de hoje".

Também no Twitter, afirmou: "Eu não duvido da responsabilidade [que tenho] sobre os meus ombros - para mostrar ao meu partido como nós vamos implementar o 'Brexit' e não uma eleição, mas também uma economia dinamizada e um país respeitado no mundo".

Os dois finalistas vão agora ser submetidos a uma votação dos cerca de 160 mil militantes do partido e o vencedor será anunciado no final de julho.

Theresa May mantém-se em funções, devendo apresentar a demissão logo que o sucessor esteja definido, abrindo caminho para a sua nomeação como primeiro-ministro.

Lusa