Mundo

Polícia belga detém suspeito de planear atentado contra embaixada dos EUA

O suspeito era seguido pela unidade antiterrorista.

A polícia federal belga deteve no sábado um homem, de nacionalidade belga, suspeito de planear um atentado contra a embaixada dos Estados Unidos em Bruxelas, anunciou esta segunda-feira a Procuradoria federal.

O suspeito - identificado apenas pelas iniciais M.G. e com cerca de 40 anos - foi ouvido hoje por um juiz de instrução, que decretou a sua prisão preventiva.

O indivíduo, detido pela célula antiterrorista da polícia federal belga no centro de Bruxelas, é acusado de "tentativa de atentado num contexto terrorista" e de "preparação de uma infração terrorista", adiantou o porta-voz, Eric van Duyse.

Segundo a imprensa belga, o suspeito - que nega as acusações de que é alvo - era seguido pela unidade antiterrorista, acreditando os investigadores que planeava concretizar em breve o seu plano de atentado contra a embaixada norte-americana na capital belga.

A Bélgica, que é sede das instituições europeias e também da NATO, foi alvo de um duplo atentado terrorista, em 22 de março de 2016, no aeroporto internacional de Zaventem e na estação de metro de Maalbeek, que provocou 32 mortos e centenas de feridos.

Lusa