Mundo

E se na II Guerra Mundial já existissem redes sociais?

Correspondentes SIC

E se na II Guerra Mundial já existissem redes sociais?

A história de uma judia na II Guerra Mundial contada através do Instagram.

Como teriam sido os relatos dos que sofreram na própria pele os horrores dos campos de concentração se já existissem redes sociais na II Guerra?

O correspondente da SIC no Médio Oriente, Henrique Cymerman, conta-nos a história de Eva, uma jovem judia que morreu às mãos do regime nazi e cujo diário está agora ao alcance de todos no Instagram, para que ninguém esqueça o que aconteceu.