Mundo

Aviação suíça "falha alvo" e faz espetáculo na cidade errada

Marco Tacca

A Patrouille Suisse devia apresentar o espetáculo Langenbruck mas os aviões não levavam GPS e "desfilaram" no festival errado

KARL MATHIS

A patrulha acrobática suíça devia sobrevoar os céus de Langenbruck, para assinalar o 100.º aniversário da morte de Oscar Bieder, o 1.º aviador a sobrevoar os Alpes em ambas as direções em 1913, com apenas 22 anos.

A homenagem ao pioneiro da aviação suíça tinha previsto um espetáculo nos céus da cidade natal, Langenbruck mas, em vez disso, o esquadrão errou no alvo cerca de seis quilómetros.

Os aviões acabaram por presentear a cidade de Mümliswil, onde se celebrava o 31.º Northwest Yodelling Festival, o festival tradicional que teve lugar este fim de semana, de 5 a 7 de julho, em Mümliswil-Ramiswil.

A tenda principal do festival terá confundido o líder do esquadrão, que induziu os restantes aparelhos ao sítio errado.

Segundo a imprensa suiça, os F-5E Tiger II não estariam equipados com aparelhos GPS, que teriam de evitar o erro.

Entretanto, o porta-voz do Ministério da Defesa da Suíça já apresentou as desculpas pelo erro.

Os responsáveis pelo festival Yodel já vieram dizer que o público gostou do espetáculo inesperado.

MARTIN RUETSCHI

  • Cepas da Serra
    10:16
  • "À descoberta com..." Inês Castel-Branco na Tailândia 
    3:14