Mundo

Jovem desaparecido há 10 anos encontrado atrás de frigorifico da loja onde trabalhava

Polícia de Council Bluffs

Loja estava fechada há pelo menos três anos.

O corpo de um jovem que desapareceu há 10 anos, no Iowa, Estados Unidos da América, foi descoberto por trás de um frigorifico no supermercado onde trabalhava, e que estava fechado há três anos.

O corpo foi encontrado em janeiro, mas só esta segunda-feira as autoridades identificaram o homem como Larry Ely Murillo-Moncada, dado como desaparecido pelos pais a 28 de novembro de 2009, em Council Bluffs, no Iowa.

Segundo o Des Moines Register, as autoridades conseguiram identificar o corpo através do ADN recolhido dos pais do jovem de 25 anos. A autópsia revelou que não havia sinais de trauma e foi considerada uma morte acidental.

O corpo foi encontrado depois de trabalhadores da construção civil terem removido os frigorificos do antigo supermercado No Frills, na cidade de Council Bluffs. Na altura, as autoridades disseram que o corpo parecia estar lá há vários anos. A loja estava fechada há pelo menos três anos.

O diário local conta que os pais do jovem o deram como desaparecido depois de fugir de casa durante uma tempestade, "sem sapatos, meias, chaves, nem carro".

Os investigadores acreditam que o jovem foi à loja depois de sair de casa e subiu ao topo dos frigoríficos, onde acabou por cair no espaço vazio entre as máquinas e a parede. A altura seria de quase quatro metros e as autoridades dizem que o barulho dos frigoríficos estaria tão alto que seria quase impossível ouvir os pedidos de ajuda do jovem.