Mundo

Falha em site pornográfico expõe dados pessoais de mais de um milhão de utilizadores

A falha de segurança foi corrigida, no entanto a informação pode ter sido guardada por piratas informáticos.

Uma falha de segurança no site pornográfico Luscious expôs os dados pessoais de mais de um milhão de utilizadores.

A descoberta foi feita por uma equipa de investigação do vpnMentor, na quinta-feira passada.

Cada utilizador do site pornográfico tem um perfil privado, que permite enviar, partilhar e comentar conteúdos, de uma maneira que anteriormente era anónima. No entanto, segundo o vpnMentor, a falha de segurança comprometeu o anonimato ao permitir que piratas informáticos tivessem acesso aos dados pessoais dos utilizadores, como e-mails privados, atividade, país/localização e género.

Alguns dos e-mails indicam o nome completo dos utilizadores, o que aumenta a vulnerabilidade ao crime informático. A falha de segurança permitiu ainda perceber os comportamentos e atividades dos utilizadores, como o número de álbuns que criaram, os vídeos que publicaram, os comentários ou seguidores.

Ao todo, a equipa de investigadores teve acesso às contas de 1 milhão e 195 mil utilizadores, que acedem de todo o mundo. Há, inclusive, utilizadores que se inscreveram no site com e-mails oficiais do Governo, como por exemplo no Brasil, Austrália e Malásia.

O site garante que a falha de segurança já foi corrigida, no entanto alerta que a informação pode ter sido guardada por piratas informáticos.