Mundo

Casal australiano deixa bebé severamente desnutrida devido a dieta vegan

NSW District Court/ABC

Dieta consistia em aveia, batatas, pão e arroz.

Um casal australiano deixou a filha de 19 meses severamente desnutrida depois de a obrigar a seguir uma dieta vegan.

A criança, agora com 3 anos, aparentava ter apenas 3 meses e ainda não tinha dentes. A dieta consistia em aveia, batatas, pão e arroz, avança a BBC.

A juíza Sarah Huggett, do Tribunal Central de Sydney, na Austrália, criticou os pais por a colocaram numa dieta "completamente inadequada".

"Esta criança estava severamente desnutrida, abaixo de peso e do tamanho e atrasada no que diz respeito aos marcos apropriados à idade" acrescentou a juíza.

Uma chamada da mãe da bebé para os serviços de emergência, em março de 2018, após a filha ter sofrido uma convulsão, levou à retirada da criança que foi entregue a uma família de acolhimento.

Na altura, a criança tinha os lábios azuis, as mãos e os pés frios, os níveis de açúcar no sangue estavam baixos e tinha pouca massa muscular.

A família de acolhimento, em maio revelou que "ela não conseguia levantar-se, falar, alimentar-se, nem brincar com bonecos."

De acordo com a juíza, os pais da criança, que têm outros dois filhos que cresceram sem qualquer problema, "não conseguiram inicialmente perceber que a condição se devia a desnutrição".

Revelou também que a mãe sofria de depressão e que se tornou "bastante obcecada" com as suas crenças, neste caso, o veganismo.

"É responsabilidade de todos os pais garantir que a dieta que escolhem dar aos filhos, seja uma equilibrada e que contenha nutrientes essenciais suficientes para um crescimento saudável".

O casal, com cerca de 30 anos, foi condenado a 18 meses de serviço comunitário.