Mundo

Vários mortos e feridos em queda de um raio no sul da Polónia

Peter Andrews

"Estávamos a passear quando escutamos um trovão. Alguém disse que poderia ser um avião porque nada indicava que se estivesse a formar uma tempestade"

Um número indeterminado de pessoas morreu e pelo menos 12 ficaram feridas depois de um raio ter atingido um grupo de turistas nas montanhas Tatra, no sul da Polónia, anunciaram os serviços de resgate.


Desconhece-se ainda o número exato de mortos e feridos, disse à cadeia da televisão polaca TVN24 o porta-voz dos serviços de resgate de montanha, Jan Krzysztof, que acrescentou terem sido enviados várias equipas de salvamento para o pico Giewont, onde caiu o raio.
Diversos helicópteros do Serviço de Resgate Aéreo foram também enviados para o local.


Segundo a TVN24, um grupo de turistas, que inclui crianças, foi atingido pelo raio quando se encontravam naquele pico da cordilheira Tatra.
Um dos turistas afirmou à televisão que não tiveram tempo para se refugiarem porque a tempestade surgiu de repente.


"Estávamos a passear quando escutamos um trovão. Alguém disse que poderia ser um avião porque nada indicava que se estivesse a formar uma tempestade, mas era na verdade uma tempestade que se abateu sobre o grupo", explicou o turista.
Desconhecem-se ainda as nacionalidades dos turistas.

Lusa