Mundo

Apresentadora acusada de bullying por gozar com aulas de ballet do príncipe George

Apresentadora já pediu desculpa.

Uma apresentadora norte-americana pediu desculpa depois de se rir e proferir o que considerou um ser “comentário insensível” sobre o príncipe George.

Lara Spencer, do Good Morning America da ABC, contava que o príncipe de seis anos, para além de matemática, história e religião, vai aprender a dançar ballet, não conseguindo conter o riso.

“Ele parece tão feliz pela aula de ballet. Tenho notícias para o Príncipe William: vamos ver quanto tempo dura”, disse a apresentadora, provocando riso entre o público que assistia ao programa.

O comentário sobre o filho mais velho dos duques de Cambridge tem sido considerado “bullying”, com algumas figuras públicas a criticarem a atitude da norte-americana.

O coreógrafo Brian Friedman, que já trabalhou com estrelas como Britney Spears e Beyoncé, revelou no Instagram que foi vítima de bullying durante a infância e adolescência por ser dançarino.

“Ela está a ensinar ao mundo que não há problema em rir de rapazes que dançam, e isso é muito triste. Pensem nos meninos que possam ver isto e desistir da sua paixão”.

Instagram

O apresentador do programa Catfish, Nev Schulman, também defendeu o príncipe George, escrevendo no Twitter que “sou rapaz, mas adoro ballet. Dançar em criança mudou a minha vida para o melhor em muitos aspetos”.

Depois da onda de críticas, Lara Spencer pediu desculpa pela declaração.

“As minhas mais sinceras desculpas por um comentário insensível que fiz ontem. Desde ballet, a qualquer coisa que queiram exploram na vida, eu digo ‘vão em frente’. Acredito que todos devíamos ser livres para seguir as nossas paixões”, cita a Sky News.