Mundo

Dois mortos e mais de 100 resgatados após incêndio em ferry nas Filipinas

Cheryl Ravelo-Gagalac/ REUTERS

O anterior balanço de vítimas dava conta de 3 mortos e 69 desaparecidos.

Pelo menos duas pessoas morreram e mais de 100 foram resgatadas na sequência de um incêndio que deflagrou hoje a bordo de um 'ferry' no sul das Filipinas, anunciou a guarda costeira do país.

Não é ainda conhecido o número exato de passageiros e tripulantes que seguiam a bordo, mas o porta-voz da guarda costeira, Armand Balil, informou que continuam as operações de busca e resgate.

Pelo menos 102 pessoas foram já resgatadas, segundo Balil.

O incêndio ocorreu a bordo do Lite Ferry 16, na cidade de Dapitan, na província de Zamboanga del Norte, no sul do país. O barco tinha partido da cidade de Santander, no centro da província de Cebu, na terça-feira.

De acordo com as autoridades, o incêndio terá tido origem na casa das máquinas.

Os ferries são um meio de transporte comum no arquipélago filipino e os acidentes mortais devem-se sobretudo à sobrelotação e às fracas condições de segurança e de manutenção.

Lusa