Mundo

EUA ponderam revelar nome do mentor dos ataques do 11 de setembro

Peter Morgan

Procurador considera que pelo menos as famílias das vítimas têm o direito de saber.

A justiça norte americana pondera divulgar o nome de um oficial saudita que terá sido um dos principais mentores dos ataques do 11 de setembro.


A decisão foi tomada por um procurador que considera que pelo menos as famílias das vítimas têm o direito de saber. Não se sabe, no entanto, se o nome vai ser tornado público.


De recordar que, em 2004, as autoridades norte-americanas descartaram a ligação entre o governo da Arábia Saudita e a Al Qaeda.


Sabe-se agora que pelo menos 15 dos 19 sequestradores que pertenciam à organização terrorista eram sauditas.


Os ataques do 11 de setembro ocorreram há 18 anos e provocaram cerca de três mil mortos.