Mundo

Seis vítimas de incêndio em hospital no Rio de Janeiro já foram identificadas

Pilar Olivares

Os bombeiros ainda trabalham para fazer o rescaldo das chamas, mas já encerraram as buscas por mais vítimas.

Seis pessoas que morreram num incêndio que ocorreu dentro de um hospital na cidade brasileira do Rio de Janeiro foram identificadas até o final da manhã de hoje, segundo as autoridades brasileiras.

O balanço das vítimas, segundo o prefeito de câmara do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, passou de dez para 11 mortos.

Foram identificados os corpos de cinco mulheres e um homem, todos pacientes do hospital e com idade acima de 65 anos.

Um incêndio atingiu o prédio mais antigo do complexo de dois edifícios do hospital Hospital Badim na noite de quinta-feira, tendo os bombeiros regressado na manhã de hoje às salas atingidas.

À imprensa local, a direção do hospital afirmou que um curto circuito no gerador de um dos prédios do hospital poderá estar na origem do incêndio.

"Toda a administração do Hospital Badim está determinada a prestar a assistência necessária aos pacientes que estão a ser transferidos" para outras clínicas da capital fluminense, declarou a assessoria da unidade hospitalar.

Os responsáveis pelo hospital também explicaram que 103 pessoas estavam internadas no momento do incêndio e 224 funcionários trabalhavam no turno quando as chamas começaram.

Lusa

  • Miguel Albuquerque desafia PSD a “dizer o que quer”
    10:59
  • Candidato português aos Óscares chega esta 5.ª feira aos cinemas
    3:09