Mundo

Presidente do Afeganistão escapa ileso a atentado à bomba que faz mais de 50 vítimas

Omar Sobhani

"Mulheres e crianças" entre os mais de 24 mortos e 31 feridos da explosão de uma bomba perto do comício do Presidente Ashraf Ghani, no centro do país.

Omar Sobhani

Omar Sobhani

Chefe do maior hospital da província de Parwan, no centro do Afeganistão, fez o 1.º balanço oficial das vítimas deste aparente ataque terrorista perto do local onde estava o Presidente Ashraf Ghani: Pelo menos 24 mortos e 31 feridos, incluindo várias mulheres e crianças".

A explosão ocorreu às 12:00 locais (08:30 em Lisboa) e a bomba estaria num carro da polícia.

O porta-voz da campanha do Presidente, Hamed Aziz, disse que Ghani estava no local, mas que está seguro e saiu ileso ao ataque.

Wahida Shahkar, porta-voz do governador da província de Parwan, diz que a explosão aconteceu na entrada do local, enquanto o comício estava a acontecer.

Nenhum grupo assumiu a responsabilidade pelo ataque.

O Afeganistão tem sido palco de ataques frequentes, numa altura em que o país se prepara para as eleições presidenciais, agendadas para o final deste mês.