Mundo

F-16 belga cai em França e um dos pilotos ficou suspenso num poste de alta tensão

Imagem publicada pela Força Aérea da Bélgica sobre a queda de um avião militar F-16 caiu no oeste da França

Avião militar descolou de uma base na Bélgica mas caiu no oeste da França, com dois pilotos a bordo

Informação já foi confirmada pela Força Aérea Belga, na página do Facebook

Um avião militar belga F-16 caiu hoje no oeste da França, sem provocar vítimas, contudo um dos dois pilotos permanece suspenso numa linha de alta tensão pelo seu paraquedas, anunciou o departamento francês de Morbihan.

"Este avião descolou de Florennes (Bélgica) e iria para a Base Aérea Naval de Lann-Bihoué", perto da cidade de Lorient, indicou a prefeitura.

Um dos pilotos já foi assistido pelos serviços de socorro no local.

"O piloto e o seu copiloto conseguiram ejetar-se antes do acidente. Ambos foram localizados e estão vivos", acrescentou a autarquia sobre este avião que "não estava armado e a sua carga está sob investigação".


O segundo encontra-se suspenso numa linha de alta tensão pelo seu paraquedas e os serviços da RTE, administradora da rede elétrica de alta tensão, estão no local para ajudar na recuperação do militar, explicou a prefeitura.

Um perímetro de segurança de 500 metros foi instalado na zona do acidente aéreo e as autoridades estão no local para proteger a área.

O prefeito acionou uma unidade de crise. Quarenta bombeiros e 20 veículos de emergência foram mobilizados para o local.

"Podemos confirmar que um F-16 de dois lugares que efetuava um voo de treino caiu esta manhã perto de Lorient.


Os dois ocupantes conseguiram ejetar-se, os assentos de ejeção funcionaram.

Uma equipa da Direção de Segurança da Aviação de Defesa foi para local a partir da Bélgica", indicou a Defesa belga.