Mundo

Príncipe herdeiro saudita assume responsabilidade pela morte de Jamal Khashoggi

Emrah Gurel

O jornalista saudita foi assassinado e desmembrado a 2 de outubro de 2018.

O príncipe herdeiro da Arábia Saudita assumiu a responsabilidade pelo assassinato do jornalista Jamal Khashoggi.

Mohammed bin Salman garantiu que o crime aconteceu sem este ter conhecimento, mas admitiu responsabilidades enquanto líder do país, de acordo com agência France-Press.

POOL New

A CIA e vários governos acusam Salman de ter ordenado o assassinato de Jamal Khashoggi, mas a acusação continua a ser negada pelo governo de Riade.

O jornalista foi morto e desmembrado em outubro do ano passado, no interior do consulado saudita em Istambul. O corpo nunca foi encontrado.