Mundo

Qualificações do Grande Prémio de F1 no Japão adiadas para domingo devido a tufão

Soe Zeya Tun/ REUTERS

O Governo japonês convocou uma reunião de emergência para tomar as medidas preventivas necessárias e recomendou que os cidadãos do centro, sul e oeste do país evitassem deslocar-se durante o fim de semana por razões de segurança.

O tufão Hagibis, que deve atingir hoje o Japão, obrigou ao adiamento, de sábado para domingo, das qualificações para o Grande Prémio de Fórmula 1 (F1) no circuito de Suzuka, informou hoje a organização.

Este reagendamento, no entanto, permanece condicionado às condições meteorológicas na manhã de domingo, com o início da corrida a continuar programado para as 14:10 (06:10 em Lisboa).

"Devido ao impacto previsto do tufão Hagibis, a Mobilityland [promotora do Grande Prémio] e a Federação Automobilística do Japão decidiram cancelar todas as atividades programadas para sábado, 12 de outubro", explicou hoje a organização em comunicado.

"A Federação Internacional de Automobilismo (FIA) e a Fórmula 1 apoiam esta decisão, no interesse da segurança de espetadores, competidores e todos no circuito de Suzuka", pode ler-se na mesma nota.

O Hagibis causou igualmente o cancelamento de centenas de voos domésticos programados para sábado, bem como de ligações ferroviárias de alta velocidade e de outras linhas locais e regionais.

O tufão, considerado um dos mais fortes desta temporada no Pacífico, deverá aproximar-se da metade sudoeste do arquipélago japonês durante o dia de hoje e seguirá em direção ao centro e nordeste do país durante o fim de semana, de acordo com o Agência Meteorológica do Japão (AMJ).

O Hagibis foi classificado como "muito forte", a segunda categoria de maior intensidade da AMJ e, ao atravessar o território japonês, deverá causar chuvas torrenciais, rajadas de vento até 252 quilómetros por hora e ondas com mais de 10 metros de altura em alguns pontos da costa, de acordo com as previsões das autoridades nipónicas.

Lusa

  • "Quando estou com os avós sinto-me feliz"

    Desafios da Mente

    As investigações apontam que as crianças que têm avós envolvidos na prestação de cuidados podem ter melhores índices de saúde mental, como uma redução do risco de sintomas depressivos e de comportamentos desviantes, bem como melhor desenvolvimento cognitivo. Em Portugal, o Dia dos Avós celebra-se a 26 de julho. A data foi instituída pela Assembleia da República, em 2003.

    Mauro Paulino