Mundo

Kim Jong-un passeia num cavalo branco na Montanha Sagrada

KCNA / Reuters

Aguarda-se com expectativa que o líder da Coreia do Norte faça um importante anúncio político.

Uma série de fotos publicadas pela agência estatal KCNA com o lider norte-coreano a passear num cavalo branco nas paisagens geladas do Monte Paetku, montanha sagrada para os norte-coreanos, situada na fronteira com a China, está a suscitar curiosidade. Isto porque gestos deste género costumam preceder um anúncio de grande importância política.

As imagens são acompanhadas por um texto que evoca os olhos do jovem líder "cheios de brilhos nobres", qualificando o passeio como "um grande evento de uma importância fundamental" para o país.

"A marcha a cavalo no Monte Paektu é um grande evento de elevada importância na história da revolução coreana", escreve a KCNA.

KCNA / Reuters

Esta não é a primeira vez que Kim Jong-un atinge o pico de 2.750 metros do Monte Paetku, local simbólico para a identidade do país e local de nascimento do pai de Kim Jong-un, Kim Jong-il.

"Sentado em cima do cavalo pelo Monte Paektu, (Kim Jong-Un) recorda com profunda emoção o árduo caminho que percorreu pela causa maior da construção do país mais poderoso, com a fé e a vontade tão sólidas quanto o Monte Paektu", escreve a KCNA.

KCNA / Reuters

Os analistas políticos prevêem que a este passeio se siga o anúncio de uma nova direção na política.

Em dezembro de 2017, Kim visitou a montanha semanas antes do comunicado de Ano Novo em que sugeriu uma abertura diplomática que culminou com o primeiro encontro entre os líderes das duas Coreias e na cimeira histórica com o Presidente norte-americano.

KCNA / Reuters

  • Escolas fazem negócio com refeições
    11:40