Mundo

A forma polémica como uma escola impediu os alunos de copiar

Escola de Bhagat

Trata-se de uma experiência feita numa escola na Índia.

Uma escola na Índia está a ser criticada por causa de uma experiência que realizou, na qual os alunos colocaram caixotes de cartão nas cabeças, para não conseguirem copiar durante o exame.

A escola de Bhagat em Haveri implementou a experiência na quarta-feira passada, e as fotografias do momento não demoraram a chegar às redes sociais, onde foram bastante criticadas.

Escola de Bhagat

Segundo a CNN, a polémica chegou ao Governo indiano e levou o ministro de Estado da Educação a reagir. Suresh Kumar defendeu que a prática era "inaceitável".

"Ninguém tem o direito de tratar alguém como um animal."

Perante a situação, a escola explicou às autoridades que a experiência era opcional e emitiu um comunicado a pedir desculpas.

Segundo o ministro, a escola terá notificado os pais dos alunos com antecedência, e só os estudantes com a aprovação dos encarregados de educação foram envolvidos. Dos 72 alunos que realizaram o exame naquele dia, apenas 56 usaram os caixotes de cartão.

Os alunos começaram a tirar as caixas depois de 15 minutos e, de acordo com o ministro, uma hora após o início do exame, os professores pediram para retirarem os caixotes.