Mundo

Instagram vai remover filtros que simulam cirurgias plásticas

Dado Ruvic

Filtros simulam preenchimento de lábios, preenchimento ou lifting do rosto e cirurgia plástica extrema.

A rede social Instagram vai remover os filtros de realidade aumentada que promovam ou simulem cirurgias plásticas, devido a preocupações de que possam prejudicar a saúde mental de quem os usa.

Entre os efeitos mais populares estão o preenchimento de lábios, preenchimento ou lifting do rosto e cirurgia plástica extrema.

Segundo a BBC, há pesquisas que indicam que filtros que modificam o rosto podem fazer com que os utilizadores se sintam pior com a sua aparência. O Instagram espera, por isso, que esta proibição sirva para promover o bem-estar.

“Estamos a reavaliar as nossas políticas - queremos que os nossos filtros promovam uma experiência positiva. (…) vamos remover todos os efeitos da galeria associados com cirurgia plástica, interromper a aprovação de novos efeitos semelhantes e remover os que nos forem reportados”, explicou um porta-voz.

Em agosto, o Instagram lançou uma atualização que permitia aos seus utilizadores criarem os próprios filtros. O criador do “FixMe” - que simula as marcações que o médico faz no rosto antes de uma cirurgia plástica - explicou que este filtro servia de crítica às cirurgias, mostrando quão “sem glamour é o processo, com marcações e hematomas”.

Instagram

O Instagram não sabe quanto tempo pode demorar a remover todos os filtros, mas afirma que muitos utilizadores estão satisfeitos com a medida.

  • A Justiça do Castigo
    26:54
  • Os 50 anos de carreira de José Mário Branco
    4:56