Mundo

Nova decisão do Supremo do Brasil pode libertar quase 5.000 réus

Correspondente SIC

Nova decisão do Supremo do Brasil pode libertar quase 5.000 réus

Ainda assim cada caso deve ser avaliado pelo próprio juiz, como explica a correspondente da SIC no Brasil, Ivani Flora.

Com esta mudança, 38 condenados no âmbito da Lava Jato, maior operação contra a corrupção no Brasil, serão beneficiados, segundo o Ministério Público Federal.

Entre eles está o ex-chefe de Estado brasileiro Luiz Inácio Lula da Silva, preso desde abril do ano passado, após ser condenado em segunda instância no caso de um apartamento de luxo na cidade do Guarujá, no litoral do estado de São Paulo.