Mundo

PSOE chegou a acordo para coligação de Governo com o partido de extrema-esquerda Podemos

Juan Medina / Reuters

O El País avança que Pablo Iglesias será o vice-presidente do novo Governo liderado por Pedro Sánchez.

Os líderes do PSOE (socialistas) e do Unidas Podemos (extrema-esquerda), respetivamente Pedro Sánchez e Pablo Iglesias, preparam-se para anunciar um pré-acordo para formar um governo de coligação, segundo fontes dos dois partidos citada pela imprensa espanhola.

O El País avança que Pablo Iglesias será o vice-presidente do novo Governo liderado por Pedro Sánchez.

O deputado do partido Unidas Podemos anunciou no Twitter que o acordo já foi alcançado.

PSOE e Unidas Podemos somam 155 deputados num total de 350 e o novo primeiro-ministro, para ser investido à primeira volta, necessita do apoio de metade, 175, ou numa segunda volta apenas a maioria simples.

Pedro Sánchez apelou, no discurso de vitória no domingo à noite, a "todos os partidos" para que atuem "com responsabilidade e generosidade" para desbloquearem o impasse político em Espanha, assegurando que pretende formar um Governo "progressista".

"Ganhámos as eleições e a partir de amanhã [segunda-feira] vamos trabalhar para esse Governo progressista do PSOE", concluiu Sánchez num pequeno discurso perante cerca de 200 militantes e apoiantes do PSOE reunidos em frente à sede nacional do partido, em Madrid.