Mundo

Escocês diagnosticado com doença pulmonar depois de usar colcha de penas

Shaun Best

"Subir as escadas para a cama demorava-me 30 minutos, porque só conseguia subir dois degraus de cada vez e precisava de sentar-me para descansar"

Um escocês de 43 anos foi diagnosticado com uma doença pulmonar, potencialmente fatal, depois de usar uma colcha de penas.

Martin Taylor recorreu a uma equipa de especialistas na área respiratória, depois de três meses de fadiga e falta de ar.

"Dois meses depois dos sintomas começarem, subir as escadas para a cama demorava-me 30 minutos, porque só conseguia subir dois degraus de cada vez e precisava de sentar-me para descansar", a BBC citou o homem que foi diagnosticado com pneumonite de hipersensibilidade.

A condição é causada pela respiração do pó orgânico das penas de patos ou gansos, que podem ser encontradas em colchas e almofadas.

Martin Taylor revelou que, nas piores alturas, só conseguia manter-se em pé ou andar durante alguns minutos, antes de começar a sentir que ia desmaiar.

Depois do diagnóstico, o escocês começou a tomar um certo tipo de esteroides que ajudaram a respiração a voltar ao normal.

"Os esteroides tiveram um efeito transformador em apenas dois dias".

De acordo com a emissora britânica, Martin Taylor está melhor e a sua vida "voltou à mesma normalidade de anteriormente".