Mundo

Amazon forçada a retirar enfeites de Natal com imagens de Auschwitz 

Após várias denuncias nas redes sociais, o gigante das vendas online foi obrigado a retirar os produtos do site.

Enfeites de Natal em forma de sino, estrelas, bolas, almofadas, abre cápsulas. Produtos que valeram ao gigante de compras online duras críticas, sobretudo nas redes sociais.

O Museu de Auschwitz condenou a Amazon por vender decorações com imagens do campo de concentração e extermínio nazi, no Twitter. Consideraram "desrespeitoso" e exigiram que o gigante retirasse os produtos do site. Estavam à venda por 12 euros.

Depois de receber milhares de reclamações de todo o mundo, a Amazon anunciou tê-los retirado do site.

O Museu de Auschwitz denuncia também o site Wish, onde se encontram à venda os mesmos ornamentos de Natal.