Mundo

Massagem tradicional tailandesa classificada como Património da Humanidade

Apichart Weerawong

Prática entra na prestigiada lista da UNESCO.

A massagem tradicional tailandesa - a chamada Nuad Thai - foi classificada pela UESCO como Património Cultural Imaterial da Humanidade. A prática tem sido reconhecida como algo a ser preservado para as gerações futuras.

Ao contrários das massagens convencionais, as tailandesas envolvem muito movimento e, normalmente, os massagistas assumem uma série de posições diferentes, utilizando as mãos, antebraços e joelhos para aplicar pressão.

De acordo com a UNESCO, citada pela BBC, a prática tem as suas "raízes no autocuidado da sociedade camponesa tailandesa do passado, onde todas as aldeias tinham curandeiros a quem os aldeões recorriam quando tinham dores musculares por trabalharem no campo".

O Comité Intergovernamental para a Salvaguarda do Património Cultural Imaterial da Organização das Nações Unidas para a Ciência, Educação e Cultura (UNESCO, na sigla em inglês) começou a analisar, na quarta-feira, a lista de 42 nomeações de todo o mundo.

Na quinta-feira, foi a vez do Ritual de Entrudo das Festas de Inverno do Nordeste Transmontano, protagonizado pelos caretos de Podence, ser classificado como Património da Humanidade. Também a Morna, de Cabo Verde, e o Complexo Cultural do Bumba Meu Boi, no Brasil, foram distinguidos.