Mundo

Cidade chinesa humilha habitantes que saem à rua de pijama

BBC

Município estaria a participar num concurso de “cidades civilizadas”.

A autarquia da cidade chinesa de Suzhou divulgou na segunda-feira fotografias de sete pessoas que saíram à rua em pijama, classificando o seu comportamento como “incivilizado”. A humilhação gerou polémica entre os internautas e a cidade foi obrigada a pedir desculpa.

De acordo com a BBC, as imagens de videovigilância dos residentes em pijama continham ainda os seus nomes, bilhetes de identidades e outras informações.

As autoridades de Suzhou alegaram que o município estaria a participar num concurso nacional de “cidades civilizadas” e que os residentes estavam proibidos de vestir pijamas em público.

A indignação nas redes sociais contra a invasão da privacidade acabou por forçar a Câmara de Suzhou a pedir desculpa. No futuro, comprometeu-se a desfocar as fotografias para preservar a identidade dos residentes.

“Queríamos colocar um fim a comportamentos incivilizados, mas claro que deveríamos proteger a identidade dos nossos habitantes”.

O caso não será inédito. No ano passado, de acordo com os media locais, a cidade pediu aos seus habitantes para partilharem fotografias de “comportamentos incivilizados” em troca de 10 yuans (cerca de 1,31 euros).

  • A pergunta da semana: concorda com a eutanásia?

    Eutanásia

    A Assembleia da República debate a 20 de fevereiro cinco projetos de lei para a despenalização da morte assistida. As propostas são do Bloco de Esquerda, do Partido Socialista, do Partido das Pessoas dos Animais e da Natureza (PAN), do Partido Os Verdes e da Iniciativa Liberal. Sabe o que cada partido propõe? A resposta está neste artigo. Concorda com a eutanásia? Responda ao inquérito.

    VOTE AQUI

    SIC Notícias