Mundo

Tempestade Dennis matou duas pessoas, no Reino Unido

Tempestade Dennis matou duas pessoas, no Reino Unido

Temporal provocou cheias em diversas localidades e obrigou ao cancelamento de centenas de voos em vários aeroportos

Chuvas torrenciais e ventos muito fortes levaram as autoridades do Reino Unido a emitirem alertas para várias regiões por causa do perigo das cheias.

Depois de na noite passada, algumas localidades estarem sob alerta vermelho, o mais alto da escala e que representa perigo de vida para as populações, o nível baixou para o laranja. Mas, mesmo assim, milhares de pessoas tiveram de abandonar as casas por causa das inundações.

Os serviços de proteção ciivl dizem que o maior perigo é para quem vive na costa ou junto aos rios que, entretanto, já galgaram as margens.

O mau tempo já matou duas pessoas, obrigou ao cancelamento de centenas de voos e ao encerramento de várias estradas e auto estradas.

Dezenas de militares e reservistas foram chamados para ajudarem as populações, sobretudo na construção de barreiras contra as cheias e na reparação das proteções que a tempestade Dennis já destruíu.

  • Número de recuperados da Covid-19 em Portugal quase duplica

    Coronavírus

    O último balanço da DGS dá conta de 311 mortes e 11.730 casos de Covid-19 em Portugal. São mais 16 óbitos e 452 infetados em relação a ontem. A taxa de aumento diário de casos é de 4%, a mais baixa desde o início da pandemia. O número de recuperados subiu de 75 para 140. Nas últimas 24 horas, Espanha registou mais 637 mortes associadas ao novo coronavírus, o valor mais baixo num só dia desde 24 de março. Siga aqui ao minuto as últimas informações sobre a pandemia.

    Direto

    SIC Notícias