Mundo

Sete mortos em tiroteio no Wisconsin, nos EUA

Reuters Photographer

O atirador é uma das vítimas.

Reuters Photographer

Pelo menos 7 pessoas morreram num tiroteio numa fábrica de cerveja em Milwaukee, no estado do Wisconsin, nos Estados Unidos. O atirador é uma das vítimas que os jornais da região dizem ser um ex-funcionário da empresa onde ocorreu o tiroteio.

Na fábrica trabalham cerca de 600 pessoas. Vários funcionários ficaram escondidos dentro do edifício.

Por precaução, várias escolas nas redondezas foram encerradas e a polícia pediu para que os cidadãos evitem a zona.

No Twitter, a Molson Coors confirmou o incidente. Acrescentou ainda que a prioridade são os funcionários e que as informações atualizadas serão avançadas em conjunto com a polícia, sempre que possível. De acordo com a CNN, o CEO da empresa está a dirigir-se para as instalações em Milwaukee.

"É um dia horrível para os funcionários", disse o presidente do município, Tom Barret. A polícia afirmou que já não havia uma ameaça ativa, mas as autoridades não revelaram mais detalhes sobre o atirador ou como decorreu o incidente.

Morry Gash

  • Número de recuperados da Covid-19 em Portugal quase duplica

    Coronavírus

    O último balanço da DGS dá conta de 311 mortes e 11.730 casos de Covid-19 em Portugal. São mais 16 óbitos e 452 infetados em relação a ontem. A taxa de aumento diário de casos é de 4%, a mais baixa desde o início da pandemia. O número de recuperados subiu de 75 para 140. Nas últimas 24 horas, Espanha registou mais 637 mortes associadas ao novo coronavírus, o valor mais baixo num só dia desde 24 de março. Siga aqui ao minuto as últimas informações sobre a pandemia.

    Direto

    SIC Notícias