Mundo

China prossegue buscas por pessoas soterradas em escombros de centro de quarentena que ruiu

Pelo menos 10 pessoas morreram este sábado depois do colapso de um hotel. O edifício funcionava como um centro de quarentena para o novo coronavírus.

71 pessoas estavam dentro do hotel, no momento em que o edifício ruiu. Encontravam-se de quarentena por causa do covid-19.

A maior parte já foi retirada dos escombros, mas as equipas de socorro continuam no local. São mais de mil pessoas em busca de sobreviventes.

A tragédia surge numa altura em que a China regista uma diminuição de novos casos de coronavírus. Pelo segundo dia consecutivo, o número mantém-se nas dezenas.

Do outro lado do Oceano Pacífico, o coronavírus fez reféns 3500 pessoas que estão a bordo de um navio. 19 tripulantes e 2 passageiros foram diagnosticadas com o Covid-19 e o cruzeiro não pôde atracar no porto de São Francisco, na Califórnia.

As autoridades norte-americanas estão a trabalhar num plano para retirar as pessoas da embarcação.