Mundo

Dois acidentes de autocarros no Paquistão fazem pelo menos 24 mortos

No acidente mais grave, um motorista perdeu o controlo do autocarro numa curva apertada e o veículo caiu numa ravina.

Pelo menos 24 pessoas foram mortas e algumas dezenas feridas em dois acidentes de autocarro distintos registados no norte montanhoso do Paquistão, referiam esta responsáveis locais.

No acidente mais grave, um motorista perdeu o controlo do autocarro numa curva apertada e o veículo caiu numa ravina, segundo responsáveis da cidade de Skardu (norte).

"No autocarro estavam 26 passageiros, 19 morreram no local e outros sete ficaram gravemente feridos", declarou à agência noticiosa AFP Khurram Pervazi, um funcionário administrativo local.

Um segundo funcionário, Ghulam Murtaza, confirmou o balanço. No domingo, cinco pessoas foram mortas e 17 feridas quando um outro autocarro caiu numa ravina perto de Arja, cidade situada cerca de 65 quilómetros a leste de Muzaffarabad, a capital da Caxemira sob controlo paquistanês, declarou o responsável local Abudl Hameed Kiyani.

O Paquistão é um dos países do mundo que mais regista acidentes mortais de circulação, atribuídos ao mau estado das estradas, à pouca manutenção dos veículos e à condução imprudente.

Em dezembro, pelo menos 14 pessoas foram mortas no sudoeste quando uma camioneta embateu num camião que transportava gasolina de contrabando.

Em fevereiro, um comboio atingiu um autocarro numa passagem de nível no sul do país, com um balanço de 18 mortos e 55 feridos.