Mundo

Menor de 12 anos raptado no centro de Maputo

Siphiwe Sibeko

Imagens de câmaras de vigilância captaram o momento do rapto.

Um menor de 12 anos foi raptado por desconhecidos na manhã de terça-feira na baixa da capital moçambicana, Maputo, disse hoje à Lusa fonte policial.

O rapto ocorreu as 7:50 (5:50 em Lisboa) na avenida Josina Machel, disse o porta-voz da Polícia da República de Moçambique na cidade de Maputo, Leonel Muchina.

O menor é filho de um empresário da Armazéns África, uma empresa especializada na venda de material elétrico, situada na mesma avenida em que o crime ocorreu.

O rapto foi registado por câmaras de vigilância de estabelecimentos da avenida e as imagens mostram o momento em que um dos raptores arrasta a vítima para o interior de uma viatura, que de seguida abandonou o local. As imagens mostram ainda que os raptores perseguiram a criança, que seguia para a escola.

Após uma onda de raptos nas principais cidades moçambicanas, que teve o pico entre 2012 e 2013, estes casos estavam a reduzir nos últimos anos, mas nos últimos meses as autoridades voltaram a registar este tipo de crimes.

Este é o quarto caso de rapto registado este ano em Moçambique, envolvendo empresários ou familiares.

  • 160 mortes e 7.443 casos de Covid-19 em Portugal

    Coronavírus

    O último balanço da DGS dá conta de 160 mortes e 7.443 infetados com o novo coronavírus em Portugal. Mais 20 óbitos e 1.035 casos em relação a ontem. Nas últimas 24 horas, Espanha registou mais 849 mortes por Covid-19, o valor mais alto num só dia desde o início da pandemia. O balanço de vítimas em território espanhol ascende agora a 94.417 infetados e 8.189 vítimas mortais. Siga aqui ao minuto as últimas informações sobre a pandemia.

    Direto

    SIC Notícias