Mundo

Russos fazem-se passar por Greta Thunberg para enganar o Príncipe Harry

Toby Melville/ Reuters

Excerto da chamada telefónica foi revelada por um tabloide britânico.

Dois russos garantem que enganaram o Príncipe Harry ao fazerem-se passar pela jovem ativista sueca Greta Thunberg e o seu pai numa chamada telefónica. Um dos homens, Alexey Stolyarov, disse à BBC que o príncipe discutiu vários temas, incluindo o afastamento da família real britânica.

Um excerto do alegado telefonema foi divulgado pelo jornal Sun e nele é possível ouvir o Príncipe Harry criticar as atitudes do Presidente norte-americano, Donald Trump, sobre as alterações climáticas.

“O mero facto de Donald Trump estar a impulsionar a indústria do carvão nos Estados Unidos... ele tem sangue nas mãos”.

Segundo o tabloide britânico, Harry desabafou sobre o afastamento da família real, dizendo que foi uma decisão difícil de tomar, mas que foi “a certa para a nossa família e para conseguir proteger o meu filho”.

O russo Alexey Stolyarov não revelou à BBC como teve acesso ao número de telefone do príncipe, mas explicou que ele e o seu parceiro já tinham feito outras chamadas posando como Greta Thunberg, incluindo para alguém da “política britânica”.

O Palácio de Buckingham ainda não comentou a situação.