Mundo

Maldição dos Kennedy? Neta e bisneto de Robert F. Kennedy desaparecidos

Maeve Kennedy Townsend McKean

Maeve Kennedy Townsend McKean e o filho foram vistos pela última vez numa canoa num estuário.

Uma neta e um bisneto do ex-senador e procurador-geral dos Estados Unidos Robert F. Kennedy foram este sábado dados como mortos pelas autoridades, depois de terem desaparecido na baía de Chesapeake, o maior estuário do país.

Maeve Kennedy Townsend McKean, de 40 anos, e o filho Gideon, de 8 anos, foram vistos pela última vez a bordo de uma canoa, na zona do estuário situado junto à capital federal, Washington.Kathleen Kennedy Townsend, filha de Robert F. Kennedy e mãe e avó dos desaparecidos, lamentou já, em um comunicado, que a busca por Maeve e Gideon "tenha deixado de ser uma missão de salvamento, para passar a ser uma missão de resgate dos corpos".

A crença da "maldição dos Kennedy"

O desaparecimento de Kennedy Townsend McKean e seu filho vem alimentar a crença popular na chamada "maldição dos Kennedy".

Robert F. Kennedy foi morto a tiro em 1968,na noite em que comemorava a vitória nas primárias da Califórnia pelo Partido Democrata para as eleições presidenciais.

Cinco anos antes, o irmão mais velho de Robert, o presidente John Fitzgerald Kennedy, tinha sido assassinado em Dallas, Texas. Seu irmão mais velho, Joseph Kennedy morreu em 1944, durante a Segunda Guerra Mundial e uma irmã Kathleen morreu quando um avião caiu na França em 1948.

Em 1984, David Kennedy, filho de Robert, morreu de overdose de drogas, e em 1997 outro de seus filhos, Michael, morreu num acidente de esqui.Em 1999, John Kennedy Jr, filho do presidente assassinado, sua mulher Carolyn e cunhada morreram quando um pequeno avião caiu na costa de Martha's Vineyard (Massachusetts).

Em 2011, a esposa de Robert Kennedy Jr (filho de Robert F. Kennedy), Mary Richardson, cometeu suicídio.

No ano passado, outra neta de Robert F. Kennedy, Saoirse Kennedy Hill, morreu aos 22 anos em resultado de uma overdose acidental de drogas.