Mundo

Míssil iraniano faz um morto e vários feridos durante exercício naval

Baz Ratner

O míssil atingiu um navio de apoio próximo do alvo.

Um míssil iraniano provocou a morte de um marinheiro e vários feridos num exercício naval no Golfo de Omã, no domingo, ao atingir um navio de apoio próximo do alvo, noticiou esta segunda-feira a televisão estatal.

Segundo a emissora iraniana, o acidente deu-se no porto de Jask, cerca de 1.270 quilómetros a sudoeste de Teerão.

O míssil atingiu o navio de apoio Konarak, que participava no exercício.

Segundo a televisão estatal, o navio atingido era responsável por colocar alvos na água para outros navios atingirem, estando demasiado perto de um deles.

A embarcação de 47 metros, fabricada na Holanda, com capacidade para disparar mísseis marítimos, estava ao serviço da Marinha iraniana desde 1988, tendo sofrido uma revisão em 2018, de acordo com aquele órgão de comunicação, citado pela agência de notícias Associated Press.

O navio atingido tem geralmente uma tripulação de 20 marinheiros.

O Irão efetua regularmente exercícios militares na região, junto ao estreito estratégico de Hormuz, que faz a ligação ao Golfo Pérsico, um local por onde passa 20% de todo o petróleo do mundo.

O incidente deu-se numa altura em que as tensões entre Irão e Estados Unidos desde que o Presidente norte-americano, Donald Trump, anunciou a retirada unilateral dos EUA do acordo nuclear entre as potências mundiais e aquele país, e ameaçou retomar as sanções contra Teerão.