Mundo

Pedida investigação federal ao caso do atleta morto a tiro nos EUA

O caso está a chocar os norte-americanos.

A justiça do estado norte-americano da Geórgia pediu uma investigação federal ao caso da morte de um atleta negro, de 25 anos, que foi morto a tiro no dia 23 de fevereiro, enquanto treinava na rua.

Dois homens - pai e filho - foram detidos por suspeitas do homicídio e disseram às autoridades que pensavam que se tratava de um suspeito de vários roubos na zona.

O Presidente Donald Trump fala num caso perturbador e pediu justiça.

O momento do tiroteio foi captado por telemóvel.