Mundo

Primeira autarca transgénero eleita em França

Facebook Marie Cau

"Não sou ativista", disse em entrevista à AFP.

Marie Cau, de 55 anos, foi eleita este sábado presidente da câmara de Tilloy-lez-Marchiennes, uma vila com 550 habitantes no norte de França, após as eleições municipais que se realizaram a 15 de março.

Os candidatos da sua lista, que partiu para o escrutínio com o lema "Decidir Juntos", conseguiram entre 63,5% e 73,1% dos votos, com uma abstenção de apenas 32%.

Engenheira, detentora de um diploma de técnica agrícola, começou a transição há 15 anos, sendo "completamente mulher" desde há cinco anos.

Porém, não se considera ativista e julga que a população local a escolheu como representante devido ao seu programa.

Cansados ​​de 20 anos de imobilidade e de "uma vila um pouco sonolenta, onde o vínculo social tinha desaparecido, os habitantes queriam mudanças", explicou Marie Cau.

"As pessoas não me elegeram porque sou transgénero ou não, elegeram um programa.", referiu numa entrevista à AFP.

Os habitantes "eram sensíveis ao desejo de preservar o meio ambiente, desenvolver uma agricultura sustentável, a economia local, criando empregos locais...", afirmou.

Nunca antes eleita para um cargo político, a autarca "começa (o mandato) com uma folha em branco, um orçamento quase no zero, uma escola que ainda não reabriu e muitos outros desafios relacionados com o coronavírus."