Mundo

Lei de segurança aprovada pela China ameaça liberdade em Hong Kong

Lei de segurança aprovada pela China ameaça liberdade em Hong Kong

China acusada de violar obrigações internacionais.

Justificada em nome da estabilidade, a China aprovou esta quinta-feira a nova lei de segurança nacional de Hong Kong.

A oposição pró-democracia e os países ocidentais consideram já que ameaça a liberdade e a autonomia negociadas na transferência de poderes da ex-colónia britânica.

A nível internacional, o Reino Unido, a Austrália, o Canadá e os Estados Unidos acusam Pequim de violar as suas obrigações internacionais.

O chefe da diplomacia de Washington vai mais longe nas críticas. Mike Pompeo considera já que o território perdeu a autonomia e ameaça anular o atual regime especial de trocas comerciais com Hong Kong.