Mundo

Militares portugueses lideraram ação de dissuasão contra grupo armado na República Centro Africana

James Akena

Da operação não resultaram portugueses feridos.

Os militares portugueses em missão na República Centro Africana lideraram uma operação de dissuasão contra um grupo armado, onde foram trocados tiros entre a força portuguesa e um grupo de rebeldes que recentemente esteve envolvido em confrontos no norte do país.

De acordo com o Estado-Maior-General das Forças Armadas, os paraquedistas portugueses avistaram movimentos suspeitos, alegadamente de uma das fações desse grupo.

Depois de alertados os militares, os tiros foram disparados de forma a dissuadir e restringir o movimento desse grupo armado.

A companhia, que integra uma Força da ONU, está destacada para uma missão na República Centro Africana, de proteção das populações locais.