Mundo

Extrema-direita italiana manifesta-se nas ruas de Roma, apesar das multidões estarem proibidas

Manifestantes exigem a demissão do Governo.

Os ultra-nacionalistas Irmãos da Itália, a Forza Italia de Silvio Berlusconi e a Liga Norte do ex-ministro do interior Matteo Salvini marcaram uma manifestação, para o dia da República italiana, nas ruas de Roma, que reuniu millhares de pessoas sem qualquer distanciamento social.

Os manifestantes exigem a demissão do Governo e querem uma redução de 15% dos impostos.

O protesto segue-se ao pedido do Presidente italiano, Sergio Mattarella, de unidade entre os italianos para lidarem com as graves consequências da pandemia do país.