Mundo

Corpo de deputada mexicana encontrado em vala comum

Carlos Garcia Rawlins

Anel Bueno foi sequestrada no dia 29 de abril por homens armados.

O corpo de uma deputada do Estado mexicano de Colima, membro do partido do Presidente Andres Manuel López Obrador, foi encontrada numa vala comum, mais de um mês depois de ter sido sequestrada, anunciou esta quarta-feira o chefe de Estado.

Anel Bueno, deputada do Parlamento de Colima, oeste do Méxicos, foi sequestrada no dia 29 de abril por homens armados, enquanto participava num projeto de prevenção sanitária contra o novo coronavírus.

O Presidente López Obrador anunciou hoje, durante uma conferência de imprensa, que o corpo foi descoberto na terça-feira e uma pessoa foi detida, indicando também que as autoridades federais estavam a apoiar a procuradoria local na investigação.

Na terça-feira, o procurador local comunicou também a descoberta de sete corpos que podem ser de polícias desaparecidos, no Estado vizinho de Jalisco.

Apesar do confinamento imposto na tentativa de conter a pandemia de covid-19, a violência não diminuiu no México.

Três mil homicídios foram registados no mês de março, um recorde desde a chegada ao poder de López Obrador, em dezembro de 2018.

Em abril, quando o confinamento durou o mês inteiro, os números foram quase idênticos, com 2.950 homicídios.

  • 15:42