Mundo

Turista fica preso num poço quase uma semana na Indonésia

BASARNAS

O homem estava a fugir de um cão quando tropeçou no poço.

Um homem ucraniano caiu num poço abandonado e partiu uma perna, após ser perseguido por um cão na ilha turística de Bali, na Indonésia, e foi resgatado depois de ficar preso durante quase uma semana, informou a polícia esta segunda-feira.

Roberts Jacob Matthews, de 29 anos, tropeçou num poço de quatro metros de profundidade, quase vazio, e ficou incapaz de sair durante seis dias, até um fazendeiro da vila de Pecatu ouvir a voz fraca do homem a pedir ajuda, no sábado.

BASARNAS

O fazendeiro informou outros moradores, que deram água e comida ao turista ucraniano e tentaram ajudá-lo com uma corda, mas - devido aos ferimentos - o homem não podia ser puxado.

O chefe de polícia Yusak Agustinus Sooai disse que uma equipa local de salvamento - que usou equipamento de proteção individual devido ao surto provocado pelo novo coronavírus - desceu ao poço, retirou Matthews no final do dia de sábado e levou-o para um hospital próximo.

"Ele disse às autoridades que estava a tentar fugir de um cão que o perseguia", confirmou Sooai.

"Ele sobreviveu apenas a beber água do poço."

O turista ucraniano está de férias em Bali desde março.