Mundo

Ataque à bolsa de valores no Paquistão reinvindicado por grupo separatista

Ataque à bolsa de valores no Paquistão reinvindicado por grupo separatista

Imagens podem chocar.

No Paquistão, pelo menos sete pessoas morreram e sete ficaram feridas num ataque esta segunda-feira ao edifício da bolsa de valores de Carachi.

Os separatistas paquistaneses do Exército de Libertação do Baluchistão reivindicaram o ataque. A organização, que há muito luta pela independência daquela província, diz que o Estado explora de forma injusta os recursos da região e critica o crescente investimento chinês no país.