Mundo

Menino de 5 anos angaria mais de um milhão de euros para ajudar hospital de Londres 

Peter Cziborra

Tony Hudgell inspirou-se na campanha do Capitão Moore.

Um menino de 5 anos com próteses no lugar das duas pernas está a dar que falar no Reino Unido, depois de angariar um milhão de libras (cerca de 1,1 milhões de euros) para um hospital de Londres, ao andar mais de nove quilómetros.

Tony Hudgell perdeu as duas pernas quando ainda era um recém-nascido. De acordo com a CNN, os abusos físicos dos pais biológicos deixaram-no entre a vida e a morte num hospital pediátrico de Londres.

Cinco anos depois, com a ajuda dos pais adotivos, o menino decidiu andar mais de nove quilómetros, ao longo do mês de junho, para conseguir angariar fundos e apoiar o hospital que lhe salvou a vida quando tinha apenas uns meses de vida.

Peter Cziborra

A família pretendia atingir 500 libras (cerca de 554 euros) com a caminhada, mas o objetivo foi mais do que ultrapassado. Esta quarta-feira, tinham angariado um milhão de libras (cerca de 1,1 milhões de euros).

A caminhada, que começou no início de junho, terminou esta terça-feira, à frente da casa da família Hudgell, em West Malling.

"É incrível pensar que, há umas semanas, o Tony não conseguia dar mais do que uns passos. Ele é um menino tão forte e determinado, e nós estamos tão orgulhosos", disse a mãe adotiva, Paula Hudgell, revelando que o filho só começou a aprender a andar de muletas recentemente.

Tony inspirou-se na campanha do Capitão Moore, o veterano de guerra com 100 anos que angariou mais de 34 milhões de euros para o Serviço Nacional de Saúde britânico, ao dar 100 voltas ao seu jardim.

Veterano da II Guerra Mundial é um herói da campanha contra a Covid-19