Mundo

Boris Johnson contra retirada de estátua de colonialista Cecil Rhodes  

A estátua de Cecil Rhodes no Oriel College, em Oxford

Eddie Keogh

Faculdade onde está instalada a estátua anunciou que Rhodes está ligado ao racismo e considera um insulto aos estudantes negros.

Boris Johnson é contra a retirada da estátua do colonialista do século XIX, Cecil Rhodes, da Universidade de Oxford.

As declarações do primeiro-ministro britânico surgem depois da faculdade Oriel College ter anunciado no passado mês de junho que a estátua de Rhodes está ligada ao racismo e é um insulto aos estudantes negros.

Em causa, está uma campanha feita sobre o colonialista e à qual Boris Johnson reagiu. O primeiro-ministro britânico diz que a história não deve ser editada.

Estátuas retiradas e derrubadas em vários sítios do mundo

Os protestos antirracistas após o homicídio de George Floyd deram origem à vandalização e remoção de várias estátuas de figuras controversas, como as de Winston Churchill em Londres (Inglaterra), do navegador Cristóvão Colombo ou de generais da Confederação, nos Estados Unidos.