Mundo

Trump em guerra aberta com a Nascar 

Presidente criticou a organização das corridas por retirar a bandeira confederada das provas. 

Donald Trump está em guerra aberta com a organização das corridas Nascar.

O Presidente norte-americano critica a retirada da bandeira dos confederados, associada aos tempos da escravatura, e lança críticas ao único piloto negro da competição.

Mississipi retira do Capitólio bandeira com o símbolo da Confederação

O estado do Mississippi retirou na passada semana a bandeira com o símbolo da Confederação do seu Capitólio, um momento histórico para este estado norte-americano, marcado pelas cicatrizes do período da escravatura.

Após 126 anos, a bandeira foi arriada pela última vez, sob aplausos. Duas outras bandeiras também foram retiradas, dobradas e entregues às autoridades numa breve cerimónia.

A bandeira tinha no seu desenho o fundo vermelho e a cruz azul diagonal com estrelas brancas, que representava os estados do sul, opositores à abolição da escravatura durante a Guerra Civil (1861-1865).

Trump abre celebrações do Dia da Independência a defender símbolos e monumentos nacionais

O Presidente dos Estados Unidos abriu na sexta-feira passada as celebrações do Dia da Independência no Monte Rushmore, onde defendeu os monumentos do país, quando se vive um debate sobre racismo e símbolos nacionais.

Nos últimos dias, Trump criticou a remoção de estátuas e de símbolos confederados no meio de protestos raciais que se espalharam pelo país após a morte do afro-americano George Floyd às mãos de um polícia branco.

"A nossa nação está a testemunhar uma campanha implacável para apagar a nossa história, difamar os nossos heróis, apagar os nossos valores e doutrinar os nossos filhos", alertou.

  • Covid-19. Conselho de Ministros anuncia hoje novas medidas

    Coronavírus

    Portugal resgista este sábado um novo máximo de internados em cuidados intensivos. O Conselho de Ministros está reunido e vai decretar "ações imediatas" de controlo da pandemia. O recolher obrigatório é uma das propostas do Governo. Os EUA continuam a ser o país mais afetado pela Covid-19. No Mundo há registo de mais de 45 milhões de infetados e 1,1 milhões de mortes.

    Ao Minuto

    SIC Notícias