Mundo

Protestos no Líbano contra a interferência dos EUA no país

Hussein Malla

Polícia teve de usar canhões de água para dispersar os manifestantes.

No Líbano, dezenas de pessoas protestaram junto à embaixada dos Estados Unidos para exigir o fim da interferência de Washington no país.

Os manifestantes queimaram bandeiras norte-americanas e arremessaram pedras contra a polícia. Tentaram também retirar o arame farpado junto ao portão da embaixada.

As autoridades tiveram de usar canhões de água para dispersar a multidão.

Este é o segundo protesto esta semana. Em causa estão declarações da embaixadora dos Estados Unidos no Líbano, que criticou o grupo xiita Hezbollah.

O líder do grupo diz que a diplomata acusou-os de desviar fundos do Estado.