Mundo

Unitel recusou pagar 44 mil euros por mês em dinheiro a Isabel dos Santos

Unitel recusou pagar 44 mil euros por mês em dinheiro a Isabel dos Santos

Com as contas e os bens arrestados, a empresária angolana enviou uma carta para os recursos humanos da empresa a pedir que o salário fosse pago em dinheiro.

O conselho de administração da Unitel recusou o pedido de Isabel dos Santos para que o salário lhe fosse pago em dinheiro vivo e em mão.

A empresária angolana tem os bens e as contas bancárias arrestados em Angola e Portugal e queria salvaguardar os 44 mil euros por mês que recebe enquanto administradora da Unitel.

Mas, segundo o jornal Público, a empresa recusou efetuar o pagamento em dinheiro mesmo com as ameaças de Isabel dos Santos de avançar para tribunal.

Isabel dos Santos quis receber salário da Unitel em mão e em dinheiro

Já depois de ter contas e bens arrestados, Isabel dos Santos quis receber os 44 mil euros mensais de salário da Unitel em dinheiro e em mão. O Público revela esta segunda-feira uma carta de abril com a exigência da empresária.


Perante a recusa dos restantes administradores do conselho de administração, Isabel dos Santos ameaçou mover-lhes processos judiciais.

Veja também: