Mundo

Atentado na Síria mata general e fere dois militares russos

Ronen Zvulun

Vários milhares de soldados russos estão na Síria a apoiar o exército do Presidente Bashar al-Assad.

Um general russo morreu esta terça-feira e dois soldados ficaram feridos na sequência da explosão de um "dispositivo improvisado", quando passavam de comboio perto de Deir Ezzor, no leste da Síria, avançaram as agências de notícias russas.

"Em 18 de agosto [hoje], um dispositivo explosivo improvisado explodiu quando uma coluna russa regressava de uma ação humanitária a 15 quilómetros da cidade de Deir Ezzor", avançaram as agências, citando um comunicado do Ministério da Defesa da Rússia.

Em 2015, a intervenção militar russa permitiu ao regime de Damasco alcançar várias vitórias, recuperando o terreno perdido para os rebeldes e o grupo 'jihadista' Estado Islâmico.

  • 1:32