Mundo

Detido capitão de navio que derramou 4 mil toneladas de petróleo na Maurícia

Stringer .

Homem é acusado de não cumprir as regras de segurança marítima.

O capitão do navio japonês que derramou quatro mil toneladas de combustível num recife de coral da ilha Maurícia foi detido. Para além do capitão, de nacionalidade indiana, foi ainda detido um outro membro da tripulação. Estão ambos acusados de não cumprir as regras de segurança marítima.

Segundo a polícia mauriciana, os dois detidos já foram ouvidos pelo tribunal da capital de Port Louis que negou a fiança. Vão assim ficar detidos até à próxima sessão em tribunal para julgar o derrame de toneladas de petróleo num dos locais mais primitivos do planeta.

Os trabalhos de remoção do navio para fora do recife de coral arrancaram esta segunda-feira, três semanas após o navio ter encalhado na costa da Maurícia com quatro mil toneladas de combustível.

  • 21:07