Mundo

Mais uma noite de protestos nos EUA. Rochester não esquece a morte de Daniel Prude

Vanda Paixão

Vanda Paixão

Editora de Imagem

Pela quinta noite consecutiva manifestantes saíram às ruas a pedir justiça.

A cidade de Rochester, no estado de Nova Iorque, não esquece Daniel Prude, um afro-americano que morreu de asfixia, depois de uma detenção violenta.

Pela quinta noite consecutiva pediu-se justiça, mas desta vez de forma mais pacífica.

Os protestos contra a violência policial e o racismo têm marcado a campanha para as presidenciais nos Estados Unidos e Donald Trump continua atrás nas intenções de voto.